Câmara aprova criação do Parque Linear da Beira Mar no Jardim Casqueiro

por Assessoria última modificação 30/10/2018 19h44
Câmara aprova criação do Parque Linear da Beira Mar no Jardim Casqueiro

Foto: SCS/CMC

Os vereadores aprovaram hoje (30/10), durante a 39ª sessão ordinária, o projeto de lei Nº 104/2018 que cria o Parque Municipal Linear da Beira Mar no Jardim Casqueiro. A proposição, de autoria do Rafael Tucla (PT), considera que a referida área é um privilegiado espaço público para a instalação de equipamentos para a prática de esportes e lazer.

O parlamentar afirmou que a área, que compreende Avenida Beira Mar e a Praça Independência, tem se transformado em um grande ponto de encontro de jovens e moradores para a realização de atividades físicas, esportivas, culturais e de lazer. Tucla acredita que se torna urgente o empenho da administração pública local para gerir e captar recursos para a criação do Parque Linear Municipal da Beira Mar.

Tucla comentou que o governo anterior iniciou as obras para a revitalização da área e entregou a primeira fase à população. Em decorrência do tempo, da falta de manutenção e de intervenção do poder público, o local se encontra deteriorado, necessitando de reformas e melhorias. “O Parque Linear Municipal da Beira Mar é o pontapé inicial para a consolidação deste projeto que irá beneficiar toda a cidade”.

O Parque Linear Municipal da Beira Mar propiciará espaços culturais, de lazer e esportes à comunidade, de modo compatível com as características locais. A iniciativa também prevê a melhoria do sistema cicloviário local e a mobilidade urbana sustentável, com a interligação do parque com os demais bairros da cidade.

Segundo o projeto aprovado, Parque Linear Municipal da Beira Mar terá áreas de lazer específicas para crianças, idosos e pessoas com deficiência, garantindo acessibilidade e atividades adaptadas. O espaço ainda deve contar com um viveiro de plantas, estruturado para fornecer mudas para as escolas do bairro e a população em geral, privilegiando as espécies nativas da flora existente no local.

Os parques lineares são intervenções urbanísticas que costumam ser construídas ao longo de cursos d’água. Tais espaços são capazes de conectar áreas verdes, proteger e recuperar o ecossistema, controlar enchentes, abrigar práticas de lazer, esporte e cultura, além de contribuir com alternativas não motorizadas de mobilidade urbana.

Com os parques lineares, há mais sombra e umidade do ar, o que leva à redução das ilhas de calor e maior permeabilidade do solo, possibilitando a percolação – passagem mais rápida – das águas pluviais. A implantação desses espaços facilita o acesso a eventos culturais, promovendo maior sociabilidade entre a população local.

O projeto aprovado em segunda discussão segue para a sanção do prefeito municipal.

Adicionar Comentário

Você pode adicionar um comentário preenchendo o formulário a seguir. Campo de texto simples. Endereços web e e-mail são transformados em links clicáveis.