Diretor do CDHU promete moradias com acessibilidade para pessoas com deficiência

por Assessoria última modificação 01/10/2018 20h26
Diretor do CDHU promete moradias com acessibilidade para pessoas com deficiência

SCS/CMC

Na última quinta (26/09), a Comissão Especial de Vereadores (CEV) que acompanhará a execução de obras realizadas pela Companhia de Desenvolvimento Habitacional e Urbano do Estado de São Paulo (CDHU) realizou mais uma reunião. Nela, os representantes da CDHU na região prometeram implantar um projeto de acessibilidade para pessoas com deficiência (PCD). Eles também admitiram a existência de problemas estruturais conjuntos habitacionais instalados na cidade e se comprometeram a executar serviços de manutenção e reformas, reclamados pelos moradores.

César Augusto, diretor regional da CDHU, comentou sobre a criação de um projeto experimental que visa implantar elevadores nos futuros conjuntos habitacionais, voltados para PCDs e idosos que apresentam dificuldades para utilizarem as escadas. Quanto à infraestrutura do entorno, como creches, espaços de lazer, escolas, e postos de saúde, ele não respondeu concretamente, uma vez que teria que consultar outros departamentos da companhia para obter mais informações. O diretor ainda afirmou que todas essas obras devem ser de responsabilidade da Prefeitura, cabendo à CDHU apenas a construção das moradias.

Ana Paula, chefe dos Serviços de Desenvolvimento Comunitário da Secretaria Municipal de Habitação, comentou que existe um projeto para que 700 unidades sejam construídas no bairro Ilha Caraguatá, e outro que prevê 1.720 unidades pelo Programa Minha Casa Minha Vida, fora a construção de 800 casas para os moradores da Vila Esperança. Ana Paula disse também que serão erguidas 600 moradias no Imigrantes II.

Participaram da reunião os vereadores Wilson Pio (PSDB), presidente da CEV, e Ivan Hidelbrando (PSB), além da secretária de Habitação, Andréa Maria de Castro.

No próximo dia 8 de outubro, às 14 horas, a CEV realiza sua terceira reunião.

Texto de Gabriel de Jesus. 

Adicionar Comentário

Você pode adicionar um comentário preenchendo o formulário a seguir. Campo de texto simples. Endereços web e e-mail são transformados em links clicáveis.