Comissão discute incidentes na Refinaria denunciados pela CETESB

por cuo última modificação 13/11/2017 15h41
Comissão discute incidentes na Refinaria denunciados pela CETESB

crédito: Rodrigo Palassi

Na tarde dessa quinta (09/11), a Comissão Especial de Inquérito (CEI) que investiga os riscos que a redução do quadro operacional da Refinaria Presidente Bernardes (RPBC) vem causando para a unidade, trabalhadores e comunidade, realizou mais uma reunião a fim de investigar as denúncias feitas pelo Sindicato dos Petroleiros do Litoral Paulista (SindiPetro-LP). 

O chefe do Legislativo Cubatense, Rodrigo Alemão (PSDB), presidente da CEI, e os vereadores Ivan Hildebrando (PSB), Jair do Bar (PT), Marcinho (PSB) e Rafael Tucla (PT) acompanharam a oitiva de José Manuel Villar  Gulin, gerente-geral da RPBC, e Valdir Nogueira, gerente de produção da unidade. 

Após a apresentação sobre os aspectos gerais da refinaria, os gerentes esclareceram várias das dúvidas dos parlamentares. Dentre elas, a questão das demissões e um incidente denunciado pela Companhia Ambiental do Estado de São Paulo (CETESB).

De acordo com os representantes da RPBC não houve demissões e sim um remanejamento através de uma readequação de tarefas. Sobre a denúncia do suposto acidente ocorrido no dia 5 de julho, os integrantes da refinaria declararam que houve um desarme de um compressor de gás. Sendo que o aumento da emissão de gás se deveu ao funcionamento do sistema de segurança do equipamento, não gerando nenhum prejuízo material ou risco a segurança dos trabalhadores. Foi ressaltado ainda que a reorganização dos funcionários não teve relação com o desarmamento do compressor.

No fim da reunião, Rodrigo Alemão solicitou alguns relatórios da refinaria a respeito de investimentos em segurança e maiores explicações acerca dos eventos mencionados. O presidente da CEI também convidou representantes da CETESB a prestar esclarecimentos à comissão.

CEI Petrobrás - 09/11/17

fotos: Rodrigo Palassi

Adicionar Comentário

Você pode adicionar um comentário preenchendo o formulário a seguir. Campo de texto simples. Endereços web e e-mail são transformados em links clicáveis.