Comissão discute propostas para retomada de bandas e fanfarras na cidade

por cuo última modificação 16/10/2017 12h02
Comissão discute propostas para retomada de bandas e fanfarras na cidade

crédito: Rodrigo Palassi

Por iniciativa do vereador Wilson Pio (PSDB), foi criada a Comissão Especial de Vereadores (CEV) na Câmara para tratar da retomada das bandas e fanfarras como política pública do município. Na última semana, a CEV promoveu uma reunião com representantes da Associação de Fanfarras e Bandas da Baixada Santista, Litoral Sul e Vale do Ribeira (AFABAN), da Prefeitura e dos grupos artísticos de Cubatão. Os vereadores Cleber do Cavaco (PRB) e Ivan Hildebrando (PSB) também participaram do encontro.

O maestro Roberto Farias, coordenador dos grupos artísticos de Cubatão, disse que num levantamento feito junto às unidades de ensino do município (UMEs) foi constatado um quadro assustador no que se refere à existência de instrumentos musicais (percussão, trombone, saxofone, trompete, tuba, entre outros). Ele afirmou que a compra ou mesmo a restauração de alguns desses itens demandaria um custo elevado para a administração municipal.

Maisa Ferreira Costa, representando a secretaria de Educação, explicou que não se pode obrigar os dirigentes escolares a formar bandas e fanfarras escolares nas UMEs, uma vez que não está incluído no projeto político-pedagógico. A professora afirmou ainda que existe a dificuldade de ter instrutores de música no quadro de servidores que atuam nas escolas.

Luiz Carlos Ferreira de Araújo, presidente da AFABAN, defendeu a parceria entre Prefeitura e organizações sociais (OSs) para a organização de bandas e fanfarras nas UMEs. Ele citou como exemplos bem-sucedidos as administrações de São Sebastião, Taubaté e Atibaia. Araújo também disse que AFABAN deve entregar em breve um projeto piloto à FIESP para que a entidade ajude no desenvolvimento das atividades das bandas e fanfarras.

O presidente da CEV, Wilson Pio, disse que o objetivo do grupo de trabalho não é só levantar os problemas atuais, mas sim apresentar propostas de solução. O vereador disse que buscará apoio para retomada das bandas e fanfarras no município com os deputados da região por meio de emendas parlamentares.

Já Ivan comentou que é preciso saber a real disposição da administração municipal em resgatar as bandas e fanfarras como política pública. Ele disse que essa iniciativa não pode depender exclusivamente da vontade de dirigentes escolares. O parlamentar sugeriu que o Centro das Industrias do Estado de São Paulo (CIESP) também ajude na retomada dessa tradição da cidade, fazendo com que cada empresa colabore com um grupo musical, comprando instrumentos e fardamento.

Adicionar Comentário

Você pode adicionar um comentário preenchendo o formulário a seguir. Campo de texto simples. Endereços web e e-mail são transformados em links clicáveis.